Academia das Letras

Processos Criativos – relato pessoal

Durante a minha vida, entendi que a criatividade é um processo de melhoramento contínuo, em que as experiências adquiridas contribuem para o aumento de repertório, de vocabulário, e claro, de ideias em cada ser humano. Sendo assim, entendi que atos como leituras, pesquisas e busca constante por inovações fazem parte de uma pessoa criativa, e descobrindo isso, procuro adquirir e aprimorar tais habilidades a cada dia.

Uma das minhas maiores dificuldades durante meus processos de criatividade foi pensar de forma não convencional, “fora da caixa”. Tal dificuldade ainda me intriga, pois, não tive muitas influências criativas ao longo da vida, e meu repertório está sendo construído, com maior frequência, recentemente. Eu sinto que estou sendo tirada da minha zona de conforto e confesso que está sendo desafiante, ao mesmo tempo que maravilhoso. Eu vislumbrei um mundo novo e a cada processo tenho aprendido ainda mais. Acredito que não sou privilegiada em me sentir assim, pois cada indivíduo tem suas dificuldades e modos de lidar com elas durante os processos em questão. Ao observar minhas vivências percebi que ainda estou no início de um processo criativo, na etapa de amadurecimento, que por certo pretendo desenvolver ainda mais.

Diante do que experimentei, é possível afirmar que uma pessoa criativa é movida pelo fato de estar constantemente fora da zona de conforto, se permitindo criar visões de mundo diferentes das que já existem. Sendo assim, eu enquanto alguém criativo, dou oportunidades para que outras pessoas se descubram em posse disso também, por intermédio dos meus resultados, criando-se, portanto, um ciclo.

Por Ana Caroline Moraes

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!