Academia das Letras

O Espelho

 

Resultado de imagem para machado de assis

Fonte: Google

O Espelho – Uma breve reflexão sobre a sociedade contemporânea

Já pensou em trabalhar texto dissertativo-argumentativo a partir da leitura e análise de um conto? O trabalho com gêneros textuais diferenciados enriquece a nossa metodologia, então segue uma dica prática de como aplicar a leitura de um conto na aula de redação argumentativa.

A proposta é refletir sobre a sociedade contemporânea a partir da leitura do conto O Espelho do autor realista Machado de Assis. Nessa narrativa curta o autor apresenta a personagem Jacobina que em determinado momento recebe o título de Alferes da Guarda Nacional. A partir da posse do cargo Jacobina começa a usar uma farda que transmite poder e respeito. Amigos, familiares e vizinhos passam a reverenciá-lo, então a personagem sofre uma mudança drástica, sua identidade pessoal é substituída pela identidade social. O autor define esse momento com a frase: “O alferes eliminou o homem”

Jacobina não se reconhece sem a farda. Ao colocar-se diante do espelho vestido com roupas comuns, o que vê é apenas uma imagem distorcida de si. Ao vestir a farda e olhar novamente para o espelho, ele se vê com nitidez. Então, todos os dias, a personagem veste a farda por algumas horas, senta diante do espelho e contempla a si mesmo a fim de resgatar a sua identidade. Leia o conto na íntegra e reflita sobre as atitudes da personagem. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bv000240.pdf

Aplicabilidade

Passo 1: Ler o conto na íntegra em sala de aula. Essa atividade pode se feita a partir da leitura em voz alta intercalada ou podemos dispor um tempo para os alunos lerem silenciosamente.

Passo 2: Conduzir um debate. Para isso é importante levantar algumas questões e permitir que os alunos participem. Sugestões: Qual o tema do conto? Como essa narrativa se aplica aos nossos dias? O que o espelho representa? Qual a simbologia da farda?

Por meio dessas questões podemos levar o aluno a refletir sobre como o ser humano tem se preocupado com a aparência em detrimento da essência. A necessidade de ser visto e aplaudido tem se agravado com o uso abusivo se redes sociais, o espelho da contemporaneidade. A farda carrega em si a significação de status.

Nesse conto Machado de Assis aborda sobre uma temática recorrente em suas narrativas: as máscaras sociais, a dualidade entre o ser e o parecer. Há vários caminhos que podemos tomar ao analisarmos esse conto, por isso é importante instigarmos os alunos para que eles deem asas à imaginação e reflitam de forma crítica.

passo 3: Após as atividades de leitura, análise e debate podemos propor a escrita de um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema: Essência versus aparência. É importante que os alunos façam outras leituras que deem subsídios para a elaboração de argumentos, portanto é necessário que os estimulemos a pesquisarem.

passo 4: A aplicabilidade do conto na elaboração de uma redação vai além da inspiração temática, os alunos podem recorrer às frases e ideias apresentadas no conto para fazerem citação no corpo do texto. A intertextualidade enriquece a escrita, então é importante trabalharmos o processo de citação direta e indireta.

Pense em sua realidade de sala de aula e ouse fazer esse diálogo entre literatura e redação, vai valer a pena!

 

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!