Academia das Letras

Nossa poesia

Nossa poesia

Neste espaço serão publicadas poesias de alunos e professores do nosso curso. Como inspiração trouxemos  poesias confeccionadas por alunos do colégio Unasp-EC durante um projeto inspirado na obra Vidas Secas do autor Graciliano Ramos, realizado em 2018. Nesta composição, Giovane Pires Cardoso traça o percurso do emigrante em analogia à saga dos retirantes.

EMIGRANTE

Descalço, tateia o chão

Pisando em quem se é

Primeiro Passo:
Coração instigante
Seja homem ou mulher
Quem tem esperança é caminhante
E não importa a residência
O caminho acolhe todo emigrante
Que seja de uma terra de cegos
Onde o espelho é a bandeira
De uma terra de surdos
Que nem mãe ouve choradeira
Ou que venhas de uma terra de inertes
Que nas veias o que flui seca
De uma terra de néscios
Que comem o mastigado e
Queimam bibliotecas

Segundo Passo:
Cabeça pensante
Não mais vidas secas
Quem chega aqui não é criança sapeca
Com os pés calejados
O caminho mostra seu outro lado

Terceiro Passo:
O caminho revela o seu segredo
O destino está no durante
Agora, ainda que estrangeiro
Sou parte dEle
O caminho refugia mais um filho errante
E agora mesmo que ofegante, sigo confiante
Não mais amante, sou integrante
Muito prazer, imigrante.

Giovane Pires Cardoso

(Ex-aluno do ensino médio do Colégio Unasp-EC. Atualmente estudante do curso de Psicologia – Unasp-EC)

 

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!